+55 85 9917 9234 info@dentalinnovation.com.br

Neste post, apresentamos um breve resumo que classifica os principais problemas bucais que fazem com que os pacientes visitem sua clínica odontológica.

Patologias orais

As patologias orais consistem em alterações da mucosa bucal. A mais grave das patologias é o câncer bucal. Os sinais de câncer bucal são os seguintes:

  • Manchas avermelhadas na boca, conhecidas como eritroplasia
  • Manchas brancas na boca, conhecidas como leucoplasia
  • Feridas difíceis de curar de sangramento fácil
  • Caroços mucosais
  • Rouquidão ou dor de garganta crônica
  • Problemas de mastigação ou deglutição

Estes sintomas podem aparecer nos lábios, bochechas, palato, gengivas, língua, face ou pescoço.

É importante notar que a dor nem sempre está associada ao câncer bucal. Na verdade, geralmente não há dor. No entanto, a dor oral ou facial, sem motivo aparente, pode ser um sintoma de câncer bucal. Ou seja, a patologia oral pode ser carcinogênica, independentemente de apresentar dor ou não.

Problemas mais comuns

Embora esses problemas bucais possam parecer insignificantes, é importante que eles sejam tratados o quanto antes, pois quanto mais tempo não forem tratados, maior a probabilidade de evoluir para um problema mais sério, a maioria deles pode ser tratada na clínica odontológica.

Fraturas dentárias:

Uma fratura dentária pode causar irritação e ser desagradável, especialmente se estiver na frente da boca. Além disso, uma fratura pode enfraquecer o dente, tornando-o propenso a danos mais sérios.

Ruptura de um recheio:

É importante reparar um recheio que se soltou, mesmo que não cause dor ou desconforto. Desta forma, as bactérias são impedidas de entrar na parte exposta do dente e as cavidades e infecções são evitadas.

Sangramento nas gengivas:

Se as gengivas estiverem vermelhas, inchadas, doloridas e sangrarem quando escovadas e enxaguadas, o paciente pode ter doença periodontal. É importante detectá-lo cedo para tratá-lo a tempo. Caso contrário, uma doença periodontal pode levar à perda do dente.

Dentes tortos:

Dentes torcidos ou tortos podem levar a sérios problemas, como uma mordida inadequada, dor de cabeça ou mandíbula.

Perda de peça dentária:

A perda de um dente tem como consequência problemas ao falar, comer e, claro, problemas estéticos e estruturais.

O buraco deixado pelo dente pode causar, por um lado, a reabsorção do osso e, por outro lado, que os outros dentes se movam para preencher o buraco. Isso pode causar doenças periodontais ou decadência nos dentes que começam a ocupar esse espaço.

Além disso, o dente correspondente da maxila oposta continuará a crescer quando não encontrar uma parada até invadir o espaço da peça que falta. Isso faz com que a raiz do dente saliente seja exposta, tornando-a mais propensa a deterioração e inflamação.

Todos esses problemas derivados da falta de um único dente também resultam em má oclusão. Portanto, o que a princípio parece um pequeno problema que afeta apenas um dente, torna-se um problema sério após o outro que interrompe todo o funcionamento da boca que descobrimos quando somos diagnosticados na clínica odontológica.

Embora existam soluções como dentaduras ou pontes para resolver a perda de um dente, a solução mais recomendada e eficaz são os implantes.

Problemas funcionais:

Muitos pacientes têm problemas de oclusão, devido, por exemplo, a restaurações falhadas devido a desgaste, problemas musculares ou articulares ou dor dentária.

Problemas estéticos:

Os tratamentos estéticos na clínica odontológica são utilizados para corrigir desde pequenas imperfeições no sorriso até descolorações graves dos dentes ou espaçamento assimétrico.

Para resolver problemas estéticos, tratamentos como:

Adesão dentária:

Consiste na aplicação de compósito de cor dental ao dente. O compósito é arquivado e moldado para que o resultado final se pareça com o resto dos dentes, tanto quanto possível.

Contorno de gengivas:

Este tratamento é usado para definir a linha das gengivas quando o sorriso do paciente tem muita gengiva ou uma linha de gengiva assimétrica.

Folheados de porcelana:

Os folheados são aplicados na frente do dente para esconder fraturas ou fendas ou para cobrir buracos. Eles também servem para branquear o sorriso.

Clareamento:

Este tratamento serve para branquear o sorriso e corrigir descolorações dentárias. Pode ser feito no escritório ou em casa com kits de clareamento.

Ortodontia:

Tratamentos ortodônticos são usados ​​para melhorar a simetria e o alinhamento dos dentes e da mandíbula. Às vezes, a Ortodontia não tem apenas um propósito estético, mas também funcional, já que a Ortodontia também melhora a mordida. Tratamentos que são feitos em uma clínica odontológica especializada.

 

X